Alimentos Gordurosos X Efeito Inflamatório


Alimentos Gordurosos e Seus Efeitos

Alimentos gordurosos tem um efeito inflamatório nas paredes do vaso sanguíneo, sendo que, dependendo do tamanho da cintura e níveis de triglicerídeos, pode variar de indivíduo para indivíduo. 
Isso é o que sugere a pesquisa feita pela Universidade da Califórnia na cidade de Davis nos Estados Unidos.

Risco de inflamação

Colesterol ruim, conhecido como LDL, relacionado com um tipo de molécula de gordura chamada triglicerídio, pode aumentar o risco de inflamação do endotélio.
Líder do estudo Anthony Passerini disse: “O estudo mostra que a ingestão de uma refeição de fast food comum pode afetar a resposta inflamatória nos vasos sanguíneos”, e acrescentou: “Nossa técnica permitiu medir o potencial inflamatório de lipídeos de um indivíduo fora do corpo e correlacionar com as características que facilmente poderiam ser usadas para ajudar a melhor compreender o risco de uma pessoa para a doença vascular.”

Metodologia

Foram recrutados por eles 61 voluntários com níveis altos e normais de triglicérides, em jejum, com variedades de tamanhos de cintura, para que fossem medidas as quantidades de partículas de triglicérides no sangue, isso depois de se alimentarem com alimentos típicos de fast-food como: dois sanduíches, batatas fritas e suco de laranja.

Quais foram os resultados?

Constatou-se pela equipe de Passerini que, após terem se alimentado de comidas ricas em gorduras, aumentou o tamanho de uma partícula chamada lipoproteína, a qual é rica em triglicérides pré-existente no sangue.
Essas partículas de lipoproteína podem se ligar ao endotélio causando, como isso, inflamação e uma resposta imune que transporta ao sangue células brancas para reparo de danos e, com o tempo, causando arteriosclerose.
Partículas de TGRL(triglicérides) do sangue dos voluntários foram testadas pelos investigadores, para saber se elas podem fazer com que as células endoteliais que foram cultivadas em laboratório expressem em marcadores de inflamação.
Resultados foram revelados e mostraram uma resposta variada em indivíduos com cintura acima de 32 polegadas (media não muito grande em relação aos padrões) com altos níveis de triglicérides que tinham partículas de lipoproteína muito grandes, que se vincularam as células endoteliais de forma muito fácil, causando, com isso, inflamação em resposta a um produto químico imune
Passerini revelou que: ” TGRLs só causou inflamação quando exposto a esta molécula imune, o que sugere que as pessoas com atuais inflamações de baixo grau podem ser mais suscetíveis à disfunção endotelial relacionada com picos de triglicérides que ocorrem após as refeições ricas em gordura”.
Inflamação em episódios repetidos, podem levar pessoas predispostas a um quadro de arteriosclerose.

Conclusão
As pesquisas vão continuar a serem realizadas, para saber como o aumento abdominal, os elevados níveis de triglicerídeos, e também, a inflamação podem causar a arteriosclerose.


Fonte: Isaude.net



Os profissionais da área da saúde são os indicados para avaliar a sua dieta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alzheimer: Alimentação Saudável e Ácido Fólico

Melancia e Suas Propriedades

Nutrientes e Suas Funções