Reeducação Alimentar Familiar




A reeducação alimentar em famílias com uma alimentação saudável


É muito frequente receber pai e ou mãe obesos que querem que os filhos fiquem magros porque também estão acima do peso.
Acho que vale a pena fazer a seguinte reflexão:
Se pais e filhos são obesos é porque a família possui erros alimentares e na maioria das vezes esta família é sedentária.
Como já disse em outros artigos, emagrecer é difícil porque mudanças de hábitos devem ser feitas e praticadas diariamente. 
Neste caso a família deve unir esforços e se ajudar, afinal todos estão no mesmo barco e devem assumir as dificuldades e procurar ajuda.

Aí vão algumas dicas para o processo de reeducação alimentar:


1-Façam várias refeições ao dia e em horários regulares. Isto significa: café da manhã, lanche, 
almoço, lanche, jantar.

2-Façam as refeições longe da TV ou realizando qualquer outra atividade para que vocês possam 
comer devagar, mastigar bem e perceber a quantidade de alimento consumido.

3-Reduzam o consumo de açúcar. Evitem refrigerantes, doces, bolos, biscoitos em casa. Saiam (em 
família) para comer 1 doce em uma doçaria. Não vale self service ou doces por kilo.

4-Introduzam alimentos integrais como milho, cevadinha, arroz integral, pão integral, aveia.

5-Aumentem o consumo de água e evitem beber líquidos durante a refeição.

6-Verifiquem o consumo de óleo gasto mensalmente e tenham como meta a redução desta quantidade verificada.

7-Tenham o hábito de comprar verduras, legumes e frutas e consumi-las juntamente com os filhos. 
Eu tenho ouvido muitos pais dizendo que jogam fruta fora porque os filhos não consomem este tipo de alimento. 
Porque os pais não consomem frutas com seus filhos? Ou será que estão fazendo as compras com 
olhos de gordo e comprando muito mais do que necessitam? 
Uma alternativa também encontrada é preparar salada de frutas, mas sem creme de leite, leite condensado, etc.

8-Façam atividade física, aquela que vocês mais gostarem como caminhada no parque, andar de bicicleta, etc.

9-Procurem um profissional nutricionista para que este possa te oferecer opções diferentes de 
alimentos como também combinações mais saudáveis para o seu dia a dia.

Fonte:

Lúcia Endriukaite

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zinco e a Sua Importância Na Nutrição

Alzheimer: Alimentação Saudável e Ácido Fólico