Alzheimer: Alimentação Saudável e Ácido Fólico





Ácido Fólico e o Alzheimer


Adultos que consomem a dose diária recomendada de ácido fólico reduzem "significativamente" o risco de desenvolver a Doença de Alzheimer, de acordo com um estudo feitos nos Estados Unidos.

A pesquisa da agência americana National Institute on Aging, publicada na revista especializada Alzheimer"s & Dementia: The Journal of the Alzheimer"s Association, analisou a dieta alimentar de 579 voluntários saudáveis, com mais de 60 anos, entre 1984 e 1991.

Entre os participantes, 57 desenvolveram a doença cerebral. Os pesquisadores observaram que aqueles com altos índices de ácido fólico em suas dietas apresentaram uma chance menor de desenvolver a doença.

"Os participantes que consumiram a dose diária recomendada de pelo menos 400 microgramas tiveram uma queda de 55% no risco de desenvolver Alzheimer", disse Maria Corrada, que comandou o estudo junto com Claudia Kawas.

Alimentação Saudável e o Alzheimer


"Embora o ácido fólico parece ser mais benéfico do que os outros nutrientes, a mensagem mais importante deve ser que uma dieta alimentar saudável em geral parece ter um impacto em limitar o risco de ter Alzheimer", adicionou a cientista.

Alimentos que contêm ácido fólico


Estudos anteriores já comprovaram que o ácido fólico é benéfico para o desenvolvimento fetal ou até mesmo para evitar ataques do coração e derrames.

A substância é encontrada em alimentos como fígado, rim, fermento, frutas (como banana e laranja), vegetais folíferos, pão integral, ovos e leite ? embora seja destruída durante o cozimento ou processamento.

Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), existem cerca de 18 milhões de pessoas no mundo com a Doença de Alzheimer. Esse número deve chegar a 34 milhões até 2025.

Muito desse crescimento ocorrerá nos países em desenvolvimento, de acordo com a OMS, por causa do envelhecimento das populações.

No Brasil


Atualmente, mais de 50% das pessoas com a doença vivem em países em desenvolvimento, como o Brasil, sendo que esse número passará a 70% em duas décadas.



Fonte: da BBC, em Londres



Os profissionais da área da saúde são os indicados para avaliar a sua dieta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Zinco e a Sua Importância Na Nutrição

Reeducação Alimentar Familiar